tanoguia-novo-logo.gif
 
EFICÊNCIA ENERGÉTICA

Eficiência é a capacidade de gerar o mesmo resultado com menos recursos ou a capacidade de produzir melhores resultados usando os mesmos recursos. No caso da energia ou da eficiência energética essa ideia tem a ver com quanta energia é necessária para fazer alguma coisa funcionar.

 

A busca da eficiência energética é um processo que pode começar no momento em que se pinta uma sala ou mesmo quando definimos a dimensão de uma janela. Pintar os ambientes com cores claras, instalar janelas amplas para deixar o sol entrar, brises e planejar a ventilação cruzada diminuem o número de luzes acessas e o tempo do ar condicionado ligado.

 
GERAÇAO DE ENERGIA

A Resolução nº 482, da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica incentiva a geração doméstica de energia ao permitir a micro e a mini-geração distribuída. Até a promulgação da resolução, as motivações eram a falta ou a inconstância do abastecimento público, a valorização do imóvel, a sustentabilidade ou o desejo de adotar atitudes politicamente corretas.

 

Ela autoriza a injeção na rede da distribuidora local, do excedente da energia limpa produzida, gerando créditos que poderão ser utilizados na amortização de faturas futuras.


A energia gerada é contabilizada (em kWh) no medidor. A fatura representará a diferença entre a geração e o consumo familiar. Saldos positivos viram créditos que podem ser usados por 36 meses (inclusive em outros endereços, desde que sejam do mesmo titular e na mesma área de concessão).


Ainda não é como na Europa, onde se ganha dinheiro vendendo energia limpa, mas já é possível uma economia significativa, de até 90% das faturas.


Nos Estados Unidos, quando o governo ofereceu 30% de desconto no imposto de renda para quem investisse em energia eólica, houve um crescimento de 78% em um ano.

 

Para mais informações

 

Fale com um técnico

ENERGIA FOTOVOLTAICA

energia-solar.jpg

 

A energia fotovoltaica é obtida a partir da conversão direta da radiação solar em eletricidade. Os painéis fotovoltaicos, feitos de “fatias” superfinas de silício, captam e transformam a luz em energia.

 

O Brasil possui uma das maiores reservas de silício - o segundo componente mais abundante da Terra.

 

A energia continua produzida nas células vai para um inversor e é transformada em energia alternada, característica da rede elétrica.

 

Para mais informações

 

Fale com um técnico

 

Energia Eólica

energia-eolica.jpg

 

A energia eólica é gerada por meio de aerogeradores usando a força dos ventos, que é captada por hélices de uma turbina e aciona um gerador elétrico.


Utilizada a mais de 3.000 anos, quando por meio dos moinhos moíam grãos, drenavam e bombeavam água, com a força mecânica.


Mais tarde, a força do vento passou a gerar energia elétrica, em quantidade crescente até o surgimento de usinas eólicas, suportadas por novas tecnologias.


O Brasil ocupa o 9º lugar no mundo na geração de energia eólica, 7,1% da sua matriz energética. Até 2020, estima-se que o número chegará a 10% de toda a energia produzida no País.


No Brasil, o potencial de geração eólica é de 2,2 vezes a matriz elétrica brasileira, de acordo com a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica.

 

Os microgeradores viabilizam a geração doméstica de energia eólica.

 

Para mais informações

 

Fale com um técnico